Visando o aprofundamento no tema da Campanha da Fraternidade proposto pela CNBB neste ano de 2024, a Arquidiocese de Vitória da Conquista, por meio da Coordenação de Pastoral, está promovendo o Seminário da CF 2024, que será assessorado pelo Pe. Jean Poul Hansen, que é o Assessor do Setor de Campanhas da CNBB.

O Encontro acontecerá nos dias 27 e 28 de janeiro da seguinte forma:

27/01/2024 Das 9h às 12h, em Planalto (Encontro para o Vicariato São Marcos)
27/01/2024 – Das 15h às 18h, na Sede da Legião de Maria, em Vitória da Conquista (Encontro para os Vicariatos São Lucas e São Mateus)
28/01/2024 – Das 8h30 às 11h30, no Colégio Polivalente, em Itapetinga (Encontro para o Vicariato São João)

A fim de uma melhor compreensão da Campanha deste ano, de modo geral, e do cartaz da mesma, acompanhe o texto abaixo citado da Diocese de Franca.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil lança cartaz e oração da Campanha da Fraternidade 2024

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou nesta terça-feira, 25 de julho, o cartaz e a oração da Campanha da Fraternidade 2024. Inspirada na Encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, a Campanha da Fraternidade (CF) de 2024 tem como tema: “Fraternidade e Amizade Social” e o lema: “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt. 23, 8). Este tema e lema foram escolhidos pelo Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em novembro de 2022. De acordo com o bispo auxiliar da arquidiocese de Brasília e secretário-geral da CNBB, dom Ricardo Hoepers, o tema e o lema da Campanha da Fraternidade 2024 refletem a preocupação do episcopado brasileiro em aprofundar a fraternidade como contraponto ao processo de divisão, ódio, guerras e indiferença que tem marcado a sociedade brasileira e o mundo. A Campanha da Fraternidade, dentro do caminho penitencial da Igreja, propõe também durante a Quaresma do próximo ano, um convite de conversão à amizade social e ao reconhecimento da vontade de Deus de que todos sejam irmãos e irmãs.

Elementos do cartaz

O cartaz, criado pelos jovens de Brasília (DF) Samuel Sales e Wanderley Santana, apresenta o cenário da comunidade como uma casa, espaço onde acolhe-se os irmãos e irmãs para a partilha do alimento e da vida. A mesa, ao redor da qual todos se encontram – indígenas, negros, brancos, homens, mulheres, gestante, crianças, jovens, cadeirante, adultos e idosos – remete ao sacramento da amizade de Deus com a humanidade. O símbolo maior da comunidade é a celebração da fé ao redor de uma mesa, com pão, vinho e fraternidade. Os alimentos na mesa, típicos da dieta mediterrânica, recordam as refeições de Jesus. As janelas apontam uma casa aberta aos desafios do mundo e da realidade. No meio da cena está o Papa Francisco, com sua bengala. Esta imagem expressa aquele que assume suas limitações e propõe ao mundo a amizade social por meio de sua Encíclica Fratelli Tutti. Ele mostra que é um caminho necessário para garantir a boa convivência e a subsistência de todos os seres humanos.

Fonte: https://www.diocesefranca.org.br/compartilhar.php?id_conteudo=3199