Na tarde de segunda, 30/11, na Paróquia São José, em Itapetinga, aconteceu a Ordenação Diaconal do Seminarista Dhonis de Jesus Santana. A Celebração aconteceu com uma quantidade restrita de fieis por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em sua homilia, Dom Josafá Menezes da Silva, Arcebispo Metropolitano, relembrou a etimologia do nome de Santo André, Apóstolo, Festa Litúrgica o qual foi Celebrada na Divina Liturgia. “André, não era um nome hebraico, mas sim, de origem de grega, o que mostrava uma abertura da Cultura Judaica e também a escolha de Jesus, em anunciar o Reino a todos os povos.”

Continuou dizendo, que assim deve ser o Diácono, proclamando a Palavra sempre e a todos os povos.

Concluída a Homilia, o Metropolita iniciou o Rito da Ordenação, onde, o Seminarista Dhonis, assumiu publicamente o desejo de abraçar o Ensino da Palavra, a Caridade e o Serviço por meio da Ordem do Diaconato Transitório.

Procedeu-se com a Prece Litânica, e logo após o gesto simbólico, recebeu a Dalmática e a Estola, vestes litúrgicas que lhe são próprias, do Pe. Irineu Moreira, e depois o livro do Santos Evangelhos, sendo acolhido por Dom Josafá e a assembleia presente com uma calorosa salva de palmas e a saudação dos seus pais, que também foram cumprimentados pelo Arcebispo.

O Diácono exerceu pela primeira vez sua função, ao preparar o Altar para a Celebração do Santo Sacrifício.

“Quão belos são os pés dos mensageiros que anunciam o bem” Rm 10,15; assim iniciou o agradecimento, ao término da Santa Eucaristia, nominando todos os aqueles que contribuiram para a cumprimento da sua vocação.

Terminado os agradecimentos, Pe. Técio Andrade Lima, Chanceler do Arcebispado, leu a provisão de nomeação do Diác. Dhonis de Jesus Santana como Colaborador da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Santa Maria Madalena.