Aos 9 de novembro de 2020, Dom Josafá Menezes da Silva, Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, celebrou, juntamente com o Pe. Ariosvaldo Aragão, a Santa Missa, em Ação de Graças pelos 180 anos de emancipação política de Vitória da Conquista.

Em sua homilia, o Arcebispo citou Anibal Lopes, que “O conquistense desde a época do Arraial da Conquista tem no seu sangue o germe da liberdade que ainda permanece até os dias presentes. O conquistense foi sempre bom de coração, hospitaleiro e acolhedor, porém muito altivo, qualidades herdadas dos seus antepassados. Lutaram os moradores do Arraial da Conquista para que seu território fosse desmembrado do município de Caetité e elevado à categoria de Vila […] A campanha foi coroada de êxito e no dia 09 de novembro de 1840, era instalada festiva e solenemente sob entusiasmo geral a Imperial Vila da Victória” e continua mencionando que a emancipação política de Vitória da Conquista acontece no dia em que festejamos a consagração da Igreja de São João de Latrão, catedral do Papa, em Roma, o primeiro grande templo, depois dos decretos assinados pelo imperador Constantino concedendo liberdade religiosa ao cristianismo no século IV.